BLOG

Os Seis Pilares da PNL

Olá! Como estão? Hoje vamos fazer “revisões” e “sínteses” sobre PNL, OK?

Para isso e em jeito resumido teremos de falar do assunto principal da PNL e que abre portas para tudo o a que envolve: os seis pilares da PNL!

Os pilares de qualquer construção são as peças fundamentais que a sustentam e a tudo o que sobre ela é construído. Isso acontece em tudo na vida, incluindo na construção do nosso próprio ser. Para que possamos construir uma vida recheada de triunfos, conquistas pessoais, experiências únicas, precisamos, antes de mais, de nos focarmos nos nossos pilares.

Primeiro pilar – TU!

Tudo parte de ti e tu és a principal pessoa a beneficiar com os resultados da PNL. A consciência do nosso estado emocional e dos nossos níveis de habilidade são o ponto de partida para os restantes passos.

Segundo pilar – Os pressupostos

Os pressupostos ou os princípios da PNL, são crenças e ideias certas, que vão trazer resultados positivos quando, por cima dos mesmos, são tomadas as acções corretas.

Terceiro Pilar – Rapport

O Rapport é também estudado pela Programação Neurolinguística e é muitas vezes utilizado com líderes e outros indivíduos com missões árduas no mundo dos negócios, como por exemplo, um diretor de um departamento de vendas.

Quarto Pilar – Feedback

A melhor forma de se solucionar umproblema é definir um resultado.

Os 3 elementos básicos do Resultado são:

– Conhecer a situação atual (onde nos encontramos agora)

– Conhecer a situação desejada (onde desejamos estar)

– Planeamento de estratégia (como chegar de um ponto até outro e fazer uma ponte para o futuro, utilizando os recursos que dispõe e criando novos

recursos).

Quinto Pilar – Flexibilidade

A Flexibilidade é, exatamente, a capacidade de ser maleável, de procurar novos caminhos; novas opções.

Pode conter fotografias, relatos, estatísticas, gráficos, recordações, entrevistas, sondagens ou debates sobre o assunto.

Sexto Pilar- Compromisso

Estarmos comprometidos com a PNL é fundamental para, em todos os momentos, usarmos todos os nossos sentidos, ferramentas e foco para não nos desviarmos da meta que delineamos.

Ficou alguma dúvida? Dispõe! Até para a semana!

Gostas deste conteúdo? Partilha com outras pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Categorias:

Sê o primeiro a receber as dicas por e-mail e todas as informações que tenho para ti.