BLOG

Como vender mais com PNL

Olá a tod@s!

Como está a correr Setembro? Muita malta das minhas mentorias, que trabalha com vendas, diz que este mês e Janeiro são meses miseráveis para um comercial. Eu, pessoalmente, não sinto isso. Se calhar porque a PNL me ajuda a contornar esses obstáculos…

Se és vendedor e estás com este problema (pessoal, uma vez que vai culminar em baixas comissões), segue estas dicas:

  1. Identifica o perfil do teu cliente

CLIENTE VISUAL

 Prefere entender informações por meio de imagens, gráficos e outros recursos visuais.

CLIENTE SINESTÉSICO

Precisa sentir as coisas para compreendê-las. Tocam nos produtos antes de tomarem decisões.

CLIENTE  AUDITIVO

É um consumidor mais analítico, que procura explicações claras para tomar decisões.

Usa recursos visuais  ao visual, dá o produto a tocar ao teu cliente e fala com quem quer ouvir. Isto ajuda-te a falares a língua do cliente sem o entupir de argumentos que ele nem sequer quer ouvir.

  1. Reconhece as necessidades e possibilidades do teu cliente

Não queiras vender um porsche de dois lugares a um jovem de 35 anos, casado, com três filhos, uma sogra, dois cães, que vive num T2 alugado, nem queiras vender um opel corsa de 1992 a um empresário com 52 anos, divorciado, com filhos criados… Entendeste a lógica?

  1. Mantém o contacto visual

Aqui há tempos contei-vos que fui ao banco tratar de uma situação e a senhora do balcão nem sequer olhou para mim? Pois bem… erro crasso o dela. Olhar para as pessoas enquanto falamos, numa postura de igual para igual, trás conforto e confiança. Cria uma enorme conexão.

Obviamente que não vais ficar  “colad@” a olhar para a pessoa sem desviar o olhar. Aí estarias e invadir o seu espaço pessoal e seria “pior a emenda que o soneto”.

  1. Avalia a linguagem corporal do teu cliente

O simples gesto do cliente cruzar os braços pode-te indicar que ele está a resistir aos teus argumentos. Em contrapartida, se ele precisar de ir fumar um cigarro, ele só precisa de ganhar coragem. Deixa-o ir!

  1. Sê um influenciador 

Não sejas hipócrita nem manipulador. A curto prazo isto pode trazer uma venda, a longo prazo pode trazer uma legião de haters.

Interessa-te pelas necessidades do teu cliente, as suas possibilidades, a sua personalidade e vende-lhe apenas o corsa. Ele, provavelmente, tem um amigo rico, que precisa de um Porsche. Capice? 

Lembra-te disto: o segredo não está em fechar negócios, está em abrir relações.

Compraste a ideia? Então, boas vendas e até para a semana!

Gostas deste conteúdo? Partilha com outras pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Categorias:

Sê o primeiro a receber as dicas por e-mail e todas as informações que tenho para ti.