BLOG

Como mudar comportamentos e melhorar e melhorar a performance

Olá a todos!

Já vieram de férias? Ainda só agora estão a começar? Aos primeiros  desejo que venham renovados e cheios de garra para mais um ano de trabalho e sucesso; aos segundos recomendo que descansem sem nunca se esquecerem do vosso foco.

Quanto a mim, confesso que as minhas férias foram brutais e dei ainda mais valor ao que já consigo dar o ano todo: valor à família, valor ao lazer, ao autocuidado. Não há necessidade de uma pessoa se matar a trabalhar. A necessidade é rentabilizar as nossas características positivas, contornar ou combater as más e ganhar dinheiro de forma prazerosa. 

Estamos muitas vezes tolhidos por crenças limitadoras que insistem em paralisar as nossas capacidades. Até aqui tudo bem, nós não decidimos ter nem compramos essas crenças. Mas ao ter consciência delas, devemos combatê-las. Como? Mundando comportamentos!

“Ai, Patrícia, mas eu nem sei quais são as minhas crenças, como mudo comportamentos?” – Perguntam vocês e com legitimidade. 

Mudar comportamentos tem muitas técnicas, estruturadas, que costumo partilhar com os meus pupilos, de acordo com a necessidade deles e também através da linguagem não verbal, que num texto me limita, contudo deixo-vos aqui GRANDES dicas:

  1. Pergunta-te a ti mesmo: “Eu realmente quero atingir o meu objetivo?”;
  2. Imagina-te já a atingir o teu objetivo;
  3. Lembra-te de um objetivo que já alcançaste no passado e revive a sensação de prazer e vitória. Transporta-a para o teu novo objetivo;
  4. Entra no teu futuro e curte, desde já o sabor da vitória.

Entretanto, redireciona também as tuas crenças, usando uma linguagem positiva:

  1. Troca  “se eu fosse capaz de conseguir eu ir-me-ia sentir” por “eu consigo e o sentimento é maravilhoso!”
  2. Cria um discurso mental de vitória e verbaliza-o como se já estivesses a contar à tua família e amigos sobre como custou mas como foi bom teres conseguido atingir o alvo do teu foco.
  3. Pensa numa pessoa que é bem sucedida e analisa as características da mesma, que a ajudam a ter sucesso;
  4. Por cada vez que o diabinho vier-te dizer ao ouvido: “não consegues!”, responde-lhe sem medo! Em GRANDE, como ele merece!

Adianto-te duas coisas: se fizeres isto em voz alta uma vez por dia (no carro, na casa de banho, sozinh@ a caminhar) o resultado é brutal, pese embora, no início penses que estás a fazer figura de maluco. 

O que acontece é que ao longo do teu dia vais te lembrar da figura e das palavras e, mentalmente, sem que ninguém se aperceba, vais ruminar isto sozinh@. 

Ora aí está: estás a combater crenças e a mudar padrões de comportamento!

Acredita em mim: esta “maluquice” faz milagres!

Boas conversas contigo! Até para a semana!

Gostas deste conteúdo? Partilha com outras pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Categorias:

Sê o primeiro a receber as dicas por e-mail e todas as informações que tenho para ti.